Whey Protein

Vamos conhecer tudo sobre o whey Protein?

Atualmente o exercício físico é à base de qualquer programa de prevenção de doenças, de manutenção da saúde e de melhora do bem-estar físico.

Quando chegamos à academia, seja com o objetivo de hipertrofia ou de emagrecimento logo vão ouvir a indicação de que deverá tomar suplemento protéico, e o mais indicado dos suplementos é o Whey Protein.

Mas o que é esse tal de whey protein?

Whey protein é um suplemento alimentar proveniente do leite, e a sua extração pode ser realizada do soro do processamento de queijos ou ainda há aqueles mais inovadores que são extraídos diretamente do leite.

Curiosidade: 

São necessários de 200 a 2000 litros de leite para produzir cerca de um quilo de whey protein.

Segundo a ANVISA – Agência Nacional de Vigilância Alimentar, suplementos alimentares são ALIMENTOS especialmente formulados e elaborados para praticantes de atividade física (…)

Importante: Suplementos alimentares são produtos que contêm as mesmas substâncias nutricionais dos alimentos, mas em doses concentradas.

Muitas pessoas confundem suplementos alimentares com anabolizantes, mas é importante deixar claro que eles são bem diferentes. Os anabolizantes são substâncias sintéticas, que tem como base os hormônios testosterona e de crescimento (GH). Então, esses NÃO são suplementos e sim Medicamentos usados em casos de deficiência na produção desses hormônios…

Essa proteína é de alto valor biológico o que significa conter todos os aminoácidos essenciais para construção muscular. E, além disso possui altas concentrações de BCAA’s e de glutamina, que são nutrientes usados tanto para impulsionar os níveis de força quanto para acentuar os ganhos de massa muscular, além de prevenir danos no tecido muscular que ocorre após a prática de exercícios intensos.

Quando treinamos causamos micro-lesões no tecido muscular reduzindo a quantidade desse tecido no corpo, e como defesa o corpo sinaliza um estímulo de recuperação deste tecido, e se o treino foi intenso o estímulo de recuperação será maior, levando o corpo ao que chamamos de super-compensação.

Mas, para que isso aconteça deverá ter disponível para o corpo proteína, carboidrato, ômegas 3 e 6, além das vitaminas e dos minerais, senão, após cada treino perdemos massa muscular e não recuperamos o que leva a uma redução de massa muscular!!!!

O Whey Protein além de ter um papel importante na construção muscular, também ajuda na manutenção da função imune do organismo, tanto por ser fonte de imunoglobulinas quanto por ser fonte de lactoferrinas. E, além disso atua no eixo de saciedade, por conter glicomacropepitédeos que tem como função estimular a liberação de CCK que é umas das substâncias de sinalização cerebral para a saciedade. E, se não bastasse tudo isso também é rica em cisteína, um aminoácido necessário para produção de glutationa que no fígado auxilia no processo de desintoxicação-detox.

Três tipos de Whey Protein: Concentrada, Hidrolisada e Isolada

Concentrada

É aquele que mantêm carboidratos e gorduras do leite em pequena quantidade, e em maior proporção a proteína que nesse caso está na sua forma íntegra. 

Algumas pessoas podem ter dificuldade em digerir esta classe de  whey por conter a proteína íntegra e pelo alto conteúdo de lactose em sua composição.

Isolada

É aquele sem carboidratos e sem lipídeos, mantendo somente a protéica pura do soro do leite. 

Pode ser obtida através de troca iônica seguida por concentração e secagem por “spray” que é um jato de ar, ou pode ser obtida por micro-filtração seguida por ultrafiltração e subsequentes secagem por “spray”. 

Os produzidos  por troca iônica contém um valor maior de sódio e  perde cerca de 20% de proteínas. Já os produzidos por ultra-filtração mantém as frações menores que são importantes para o sistema imunológico  e digestórios, além de ser um otimizador de performance e retardar o envelhecimento – glicomacropeptídicos, lactoferrina e fragmentos de peptídicos.

Hidrolisada

A proteína passou por um processo de “quebra” disponibilizando uma proteína já digerida (os aminoácidos livres), acelerando a velocidade de absorção.  No mercado há whey protein parcialmente hidrolisado e 100% hidrosilado. 
A hidrólise do whey pode ser feita pelo processo de filtração como o microfiltrado/ultrafiltrado por fluxo cruzado, o filtrado por troca iônica ou ainda por nanofiltragem por osmose reversa.
O  whey isolado 100% hidrolisados é livre de lactose e gordura, possui cerca de 99% de proteína NÃO desnaturada.

Quando Consumir?

O whey protein pode ser consumido antes e depois do treino, dependendo do seu objetivo. Há a opção de consumí-lo logo ao acordar e antes e de dormir também, já que os estudos mostram que o consumo de proteínas nesses horários ajudam no processo de anabolismo muscular.

Quanto Consumir?

Depende!

Depende dos seus objetivos, da sua base muscular, do seu tipo de treinamento e da sua dieta.

Mas é importante ressaltar que o excesso de proteína vai ser convertido para gordura ou nem ser absorvido!!!

Um estudo bem completo sobre o momento e distribuição de consumo de proteína, mostrou que tanto consumir 20g 4x/dia ou 10g 8x/ dia , proporcionará melhores respostas musculares do que consumir 40g 2x/dia 40g!

Então, não abuse em únicas dose de consumo.

Estudo completo sobre momento e distribuição de consumo de proteínas: veja aqui

Acompanhe com exames sanguíneos de ácido úrico, proteínas totais e frações, creatinina e uréia, para saber para o que a proteína consumida está sendo utilizada 😉

Apresentação

É o mais conhecido, todas as marcas disponibilizam essa forma de whey. Frascos com 900g, 1400g, 2000g e 3500g, ou fracionada em saches de 50 a 60 gramas.

Líquido

Suplemento rico em Whey já pronto para consumo na forma líquida! Marcas: Iso Whey Drink – Max Titanium e Whey 100% hidrolisado – Sanavita.

Barras Protéicas

Barras ricas em Whey protein que são práticas. Praticamente todas as marcas tem uma boa opção de barrinha.

Importante

Um bom whey protein sempre vai conter BCAA’s e glutamina;

Escolha os que contém menor quantidade de açucares e gordura por dose.

Acne x Whey Protein

Whey protein não causa acne de forma direta, porém devemos nos atentar as questões individuais:

Devido ao estímulo de Hipertrofia, o whey protein pode estimular mais hipertrofia da acne (que é um processo inflamatório), para aquelas pessoas que já sofrem com esse problema.

Outra questão é a adição da vitamina B12, que por ter ação hormonal, pode levar ao aparecimento de acne.

E, também o que pode causar algum transtorno na pele é a pessoa ter alguma intolerância a alguma fração do whey, que pode ser: a lactose, a cadeia proteíca, os corantes.

assinatura-van-nutri-e1537327296473 Whey Protein